Pages

terça-feira, 19 de abril de 2011

Como escolher o local da festa de casamento - parte 1

Visite o novo endereço do blog:




Esta semana eu e meu noivo finalmente definimos o local da festa de casamento: o Indra Catering, aqui em Curitiba. Mas a escolha não foi fácil. Para chegarmos até a decisão final avaliamos vários pontos:

1) Preço: acho que é o primeiro item da lista de todo mundo, né? E no item preço também consideramos tudo que viria agregado a este valor.Não saiu barato, é fato, mas acho que era o local que tinha o melhor custo benefício, tendo em vista os itens abaixo.

2) Beleza do local: não adianta, tem que rolar um "sentimento" pelo salão. 

3) Comida: embora o menu do Indra não seja tão farto, a comida é de qualidade. Fomos a um casamento lá e já sabíamos como seria a comida - é algo mais sofisticado, mas sem tanta fartura. Foi justamente neste item que descartamos um outro local, que é lindo e tinha um preço mas acessível, mas também já conhecíamos a comida e sabíamos que era de uma qualidade bem inferior.

4) Localização: é um lugar mais central e na hora dos convidados irem embora, acho que fica mais fácil.

5) Estacionamento: o lugar fica em uma rua sem saída e há bastante espaço para os carros estacionarem. Acho sacanagem fazer os convidados pagarem um vallet (um porque não gosto de outras pessoas mexendo no meu carro e dois porque acho chato trazer mais um gasto para os convidados, que já gastaram com roupa, maquiagem, cabelo e presente).Neste item, acabamos pagando alguns seguranças a mais, que ficam na rua, só de olho nos carros.

6) Os banheiros do lugar são lindos.

7) Um diferencial da casa: sala pros noivos. Não me lembro de ter visto essa opção em outros salões daqui de Curitiba. É um espaço privativo, no qual os noivos têm um banheiro exclusivo e também podem retocar a maquiagem.

8) O tamanho do espaço: como vamos fazer uma festa para cerca de 200 convidados, achei que o espaço era ideal. Como o salão é dividido em três áreas, achei que ficaria bem adequado fazer da seguinte forma - uma parte para as mesas de jantar, outra para a pista de dança e outra para os docinhos. Visitamos um dia que estava montado para 200 pessoas e achamos que fica um espaço bem bom, dá para os garçons circularem bem entre as mesas, sem ficar apertado demais e nem espaçoso demais.

9) Bebidas: no Indra, podemos trazer todas as bebidas alcóolicas, sem pagar a taxa de rolha.

10) Mobiliário: o Indra dispõe de várias opções de mobiliário para decorar o local, e pelo que já vi, são móveis bem bonitos e modernos.

Vou tentar trazer em outros posts mais informações sobre como escolher o local da festa de casamento, sob outros pontos de vista. Alguém aí por acaso já fez festa no Indra Catering? O que achou? A fotinho que ilustra o post é de lá :)

3 comentários:

Sergio Barbosa disse...

Olá Mariana, gostaria de saber como foi o serviço do indra! Estou querendo fazer minha recepção lá, mas ouvi alguns comentários negativos sobre a comida! Como foi?

Oriassis disse...

Magnifico o lugar

Anônimo disse...

O Indra lava os medalhões que sobra (de salmão e mignon), tira o molho, congela e depois serve no casamento da outra semana. Ótima escolha, parabéns.

Postar um comentário