Pages

quarta-feira, 20 de abril de 2011

O jogo dos sete erros dos buffets e salões

Visite o novo endereço do blog:

Antes de escolher o salão para fazer a festa de casamento, eu e o meu noivo pesquisamos muito. Pedimos orçamentos para vários lugares, fomos visitar os salões que mais nos interessaram e conversar com os donos. Foi uma etapa não muito fácil...é preciso comparar, analisar tudo, para não ter erro. E nessa fase também nos deparamos com alguns erros dos locais para recepção. Fuja se o seu buffet apresentar os seguintes comportamentos:

1) Espalhar meus contatos para fornecedores parceiros. Um dos salões que eu pedi orçamento - ATENÇÃO, SOMENTE PEDI ORÇAMENTO POR E-MAIL- começou a espalhar meu e-mail e telefone para todos os seus fornecedores parceiros. Do nada, comecei a receber telefonemas e e-mails de lugares que não conhecia e nunca havia entrado em contato. Achei um absurdo, uma falta de ética, de tudo. 

2) Não enviar proposta e orçamento por e-mail. Entrei em contato com um buffet bem top aqui de Curitiba e a pessoa simplesmente se negou a passar o orçamento por e-mail. Pedi o orçamento pelo site e a pessoa me ligou passando o preço do aluguel do salão (algo em torno de R$ 9.000,00 - sim, um total absurdo) e R$ 92,00 por pessoa no buffet (também mega caro). Tudo bem, o preço era caro, mas se de repente incluísse muitas coisas, poderia valer a pena. Ela disse que passaria melhor as coisas se eu agendasse uma visita lá. Poxa, eu trabalho o dia inteiro, eu gosto de ver os preços e as coisas antes para ver se realmente vale a pena fazer uma visita. Ela perguntou se estava dentro do que eu estava esperando e eu disse que não, mas que ainda estava pesquisando preços. Dias depois a pessoa ligou novamente, perguntando se eu já sabia o quanto queria gastar e se queria agendar uma visita. Pedi que ela me mandasse um e-mail com a descrição dos serviços e até hoje estou a ver navios...

3) Falta de resposta. Meu pai cismou de fazer a festa num clube super chic de Curitiba. Mas é um lugar meio fechado, só pode fazer festa com a presença de um sócio. Mandei e-mail pra lá pra saber quanto seria uma festa de 200 pessoas para não sócios. Eis que a pessoa responde: "Que tipo de evento?". Fiquei pensando - há diferença no preço de um buffet para um casamento ou pra qualquer outro evento? Só por que é casamento o pessoal já vai enfiar a faca? Bem, falei que era um casamento. E nunca mais responderam...me deixaram totalmente no vácuo...cri cri cri....

4) O dono do buffet/salão quer mandar na festa. Estava em um salão e comentava com o dono que faria a festa no sábado porque teria muitos convidados de fora. Eis que o homem me solta a pérola: "Mas é melhor você fazer na sexta então, porque as pessoas gostam de aproveitar o fim de semana". Quase falei pra ele: "Hellooooowww, meus convidados trabalham, meu filho. T-R-A-B-A-L-H-A-M!!!". Tá na cara que ele queria me empurrar a sexta porque deve ser um dia com menos casamentos.

5) A empurração do Vallet Park. Como disse no post sobre a escolha do espaço para recepção, odeio Vallet Park. Acho chato fazer os convidados pagarem para estacionar no casamento, pois já tiveram vários gastos para a festa. E também fico pensando nos problemas que um vallet poderia gerar. Pior ainda quando você é obrigado a contratar um.

6) Falta de flexibilidade. Poxa, os salões têm que ganhar os clientes. Sei que muitos já estão com a agenda cheia e que por isso se acham os reis da cocada preta, mas acho que não custa nada atender a alguns pedidos dos clientes. Por isso, minha sugestão é pechinchar, pechinchar, pechinchar e ver tudo. Ainda bem que meu sogro e meu noivo são mestres nisso.

7) Cobrar por tudo a parte. Acho meio abusivo este negócio de cobrar absolutamente tudo à parte. Você já paga super caro pelo aluguel do salão e ainda tem que pagar várias coisas à parte (copeiros, maitre, garçons, etc)...infelizmente não consegui fugir muito disso em Curitiba, mas acho muito chato isso em quase todos os buffets.

E vocês, tiveram algum problema do tipo quando estavam escolhendo o salão/buffet?

Leia mais: Como escolher salão para recepção de casamento

1 comentários:

Rachel Sturzenegger disse...

Olá Marina! Muito bom seu blog! Também estou noiva e vou casar em janeiro. Estou passando pelas mesmas dificuldades que vc! Acho que já vi todos os buffets. Na semana passada quase fechei com a Mansão Merano, mas eles quiseram me obrigar a assinar o contrato antes da degustação. Achei um absurdo. Ainda estou à procura... vamos ver o que vai dar. Bjs.Rachel

Postar um comentário